Sobre Nós

O projeto dos azeites Costa Doce foi iniciado no ano de 2012 pela família Vignatti. Na fazenda, localizada em Dom Feliciano e Camaquã, cidades separadas pelo rio Sutil, as condições de clima e solo se mostraram perfeitas para o início de um trabalho que hoje dá origem a um dos azeites mais reconhecidos e premiados em todo o mundo.

Os pomares, semeados ano a ano, já somam 40 mil árvores dos cultivares de Arbequina, Arbosana, Koroneiki, Picual, Coratina e Frantoio. Com respeito ao manejo adequado para cada variedade, todas tiveram boa adaptação, comprovada pela produção que cresce a cada colheita.

No ano de 2017, foi implantada dentro da fazenda uma indústria de última geração da marca italiana Pieralisi. O processo de produção aprimorado e próximo dos pomares permite um menor espaço de tempo entre a colheita e a extração, o que é determinante para a alta qualidade de nossos azeites.

Batizado em homenagem à região gaúcha composta pelo entorno das lagoas dos Patos e Mirim, o Costa Doce encontra-se na parte alta desse ecossistema, onde os ventos, o clima e o solo são também parte do resultado: um azeite de qualidade internacional.

Premiações

2019 - ITÁLIA - PREMIUM KORONEIKI
2019 - ITÁLIA - BLEND INTENSO
2019 - ITÁLIA - BLEND MÉDIO
2019 - ISRAEL - PREMIUM KORONEIKI
2019 - ISRAEL - BLEND INTENSO
2019 - ISRAEL - BLEND MÉDIO
2019 - ITALIA - PREMIUM KORONEIKI
2019 - ITALIA - BLEND INTENSO
2019 - ITALIA - PREMIUM KORONEIKI
2019 - ITALIA - BLEND MÉDIO
2019 - NOVA YORK - PREMIUM KONONEIKI
2019 - NOVA YORK - BLEND MÉDIO
2019 - NOVA YORK - BLEND INTENSO
2018 - ITALIA - AZEITES COSTA DOCE
2018 - ISRAEL - BLEND INTENSO
2018 - ISRAEL - BLEND MÉDIO
2018 - ITALIA - BLEND INTENSO 2
2018 - ITALIA - BLEND INTENSO
2018 - ITALIA - BLEND MÉDIO
2017 - ITALIA - BLEND INTENSO

Nossos Processos

Para garantir o aroma e o sabor que nossos apreciadores merecem, cada etapa do processo de produção do Costa Doce é controlada e executada de forma rápida, evitando a fermentação das frutas a fim de garantir a baixa acidez do produto final. Todo esse processo é facilitado uma vez que a Indústria está localizada dentro da fazenda onde são colhidos os frutos.

Colheita

O frescor característico do Costa Doce é derivado de frutos jovens, colhidos de forma mecânica e manual antes de seu amadurecimento completo, no final do verão e início do outono, melhor época da azeitona para a produção de azeites premium. Depois de colhidos, os frutos são levados à indústria, onde imediatamente começa o processo de produção do azeite..

Limpeza
da Fruta

É hora de selecionar os frutos, descartando unidades imperfeitas, lavar e separar as azeitonas de galhos e folhas, de forma mecânica. O processo é rápido, de forma a manter o frescor da fruta até o momento da extração.

Moagem e
extração

Essa é considerada a etapa principal do processo, onde a qualidade final do azeite será determinada. A trituração das frutas a uma temperatura sempre inferior a 28 graus é executada pelo tempo ideal para manter as características de um extra virgem de alta qualidade. Posteriormente, ocorre a separação da matéria sólida da líquida. Um último processo de centrifugação retira do azeite as últimas partículas de água.

Armazenagem

Em todas as etapas de armazenamento, o azeite entra em contato apenas com instrumentos livres de impurezas. Tudo é feito com o máximo cuidado para garantir a pureza do azeite. O frescor é garantido pelo curto período de armazenagem em tanques inoxidáveis sob temperatura controlada.

Envase

Estando prontos sob a rigorosa supervisão de nossos profissionais, os azeites Costa Doce são envasados ainda na fazenda, no ambiente controlado da nossa indústria. O azeite só sai da propriedade quando está pronto para o consumo, após rígido controle de qualidade.